Configurando o PostgreSQL após a instalação

Olá pessoal,

Estou fazendo um curso sobre ciência de dados, e pela primeira vez tive contato com o SGDB PostgreSQL, já tinha lido alguns posts, e assitidos palestras e ouvido podcasts recomendando a utilização do PostgreSQL no lugar do MySQL, mas nunca tive a curiosidade de saber a fundo quais são as vantagens do PostgreSQL em relação ao MySQL, nos ambientes que atuei o MySQL semprei reinou, também não é do meu interesse fazer estas comparações, cada ferramenta tem seu espaço, sou da opinião que se ferramenta, software, hardware, linguagem, etc., agrada e atende as necessidades seja ela qualquer for, tudo bem.

Neste post vou abordar operações bem básicas, o objetivo e ter um SGDB instalado localmente para realizar analise de dados, outro ponto a considerar e que estou utilizando o Ubuntu como meu sistema operacional, então estou usando os seguintes softwares para escrever este post:

  • Ubuntu 19.10 64bits
  • PostgreSQL 11

Não tenho a necessidade utilizar o PostgreSQL 12, vou utilizar o SGDB apenas para estudo, desta forma fiz a instalação a partir do repositório oficial do Ubuntu

$ sudo apt install postgresql-11

A forma de acessar a console do PostgreSQL é bem diferente do MySQL, que causou uma certa estranheza no inicio, para acessar a console via terminar efetue o login com o usuário postgres

$ sudo -i -u postgres

Depois acesse a console

$ psql

Para sair da console digite \q depois [ENTER]

Criar uma base de dados (CREATEDB)

Como o MySQL o PostgreSQL também fornece alguns scripts para serem executados fora da console. Cerfique-se que você esta logado com o usuário postgres e não está dentro da console (psql) e execute:

$ CREATEDB <nome_da_base>

E claro também podemos criar uma base de dados através da console (psql)

CREATE DATABASE <nome_da_base>;

Criar um usuário (CREATEUSER)

O comando CREATEUSER permite criar usuários de forma interativa, ou seja, será solicitado uma seríe de informações no prompt do terminal:

createuser --interactive --pwprompt
  • Enter name of role to add: <Entre com o nome do novo usuário>
  • Enter password for new role: <Entre com a senha do novo usuário>
  • Enter it again: <Repita a senha de acesso>
  • Shall the new role be a superuser? (y/n): <Usuário deve ter permissão de SuperUser?>

Pronto! Para listar todos usuários acesse a console do PostgreSQL e execute o comando:

\du

List de Usuários PostgreSQL 11

Atribuir usuário a uma base de dados

Bom criamos o usuário e a base de dados, agora precisamos dar permissão a este usuário para acessar e executar operaçãoes na base de dados. Acesse a console (psql) e execute:

GRANT all privileges ON DATABASE <nome_base_dados> TO <nome_usuario>;

Neste caso estamos atribuindo todas dando todos as permissões ao usuário na base de dados, ou seja, ele pode executar qualquer comando na base, inclusive remove-lá.

Acessando a base de dados recém criada

Com a base de dados e o usuário criados, podemos fazer o acesso direto usando o comando psql

$ psql -h 127.0.0.1 -d exemplo_db -U exemplo -W

É isso pessoal, até próxima!

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.