Arquivo da tag: Ubuntu Server

Corrigindo o erro “unknown group ‘smmsp’ in statoverride file” após atualização do Ubuntu Server

Olá pessoal,

Recentemente fiz a atualização do Ubuntu Server da versão 16.04 para 18.04 utilizando o script do-release-upgrade, o processo de atualização correu bem, mas após a conclusão ao tentar instalar qualquer outro pacote passei a receber a mensagem de erro:

dpkg: unrecoverable fatal error, aborting:
 unknown group 'smmsp' in statoverride file
E: Sub-process /usr/bin/dpkg returned an error code (2)

No meu caso o que aconteceu é que o dpkg estava fazendo referência ao grupo “smmsp” que por algum motivo foi removido durante o processo de atualização, a evidência eu encontrei executando o comando:

$ grep 'smmsp' /var/lib/dpkg/statoverride

root smmsp 2755 /usr/lib/sm.bin/sendmail 
root smmsp 2755 /usr/lib/sm.bin/mailstats

Com esta informação identifiquei que o sendmail também não estava funcionando, mas não tenho certeza que seja uma regra, acredito que isso posso ocorrer com outros serviços

Resolvi o problema em duas partes, a primeira foi removendo as referências do arquivo /var/lib/dpkg/statoverride, para solucionar o problema de instalação de novos pacotes, usei o comando sed para remover todas as incidências que utilizam o grupo ‘smmsp’ no arquivo /var/lib/dpkg/statoverride:

$ sudo sed -i '/smmsp/d' /var/lib/dpkg/statoverride

A segunda parte do problema, recriei o grupo ‘smmsp’ e forcei o upgrade do sendmail, que reescreveu o arquivo /var/lib/dpkg/statoverride com as referências ao serviço novamente:

$ groupadd --gid 2755 smmsp
$ apt upgrade sendmail sendmail-bin

Caso você caro leitor tenha mais detalhe ou passou por um problema parecido, coloca ai nos comentários para enriquecer a postagem, até próxima 😉

 

Alterar timezone Ubuntu 18.04 Server

Olá,

Mais um dica rápida, como alterar o timezone no Ubuntu 18.04 Server utilizando o comando timedatectl.

Para listar os timezones disponíveis

# timedatectl list-timezones

Para setar o timezone

# timedatectl set-timezone America/Sao_Paulo

Para checar a alteração utilize o comando date

# date 
Tue Nov 20 01:14:10 -02 2018

É isso ai pessoal até a próxima 🙂

[Dica Rápida] Convertendo private .ppk em .pem no Ubuntu

Olá,

Esta é mais uma dica rápida, quem normalmente utilizada Windows usa chaves .ppk junto om putty para conectar em servidores via SSH, porém, com a possbilidade de utilizar o “Ubuntu” dentro do Windows 10, é necessário converter as chaves para .pem.

Instale o putty-tools

~# apt-get install putty-tools

Para converter utilize o comando

~# puttygen private_key.ppk -O private-openssh -o private_key.pem

É isso pessoal, até a próxima 🙂

Expandindo volume LVM em VM (VMWare) com Ubuntu 16.04

Olá Pessoal,

Neste post vamos ver como fazer para ampliar volumes LVM em máquinas virtuais em um ambiente que usa o VMWare como Hypervisor, tal que como comentado no ultimo post, VM esta com o Ubuntu 16.04 instalado.

No cenário que estou propondo vamos aumentar o tamanho de um disco que já existe, para isso edite as configurações da VM na console do vCenter da VMWare, e defina o novo tamanho do disco

ScreenHunter_164 Jun. 30 15.32_01

No exemplo, o novo tamanho do disco é 100 GB, clique em OK para aplicar.

Agora é necessário informa ao SO o novo tamanho do disco, por meio da criação de uma nova partição

Liste todos as partições existentes com o fdisk

~# fdisk -l

No exemplo o device é o /dev/sda

ScreenHunter_165 Jun. 30 15.51

Para criar uma partição execute

~# fdisk /dev/sda

Pressione “n” para criar a nova partição e em seguida “p” para uma partição primaria

ScreenHunter_168 Jun. 30 16.18

 

 

 

Em “Partition number” e necessário escolher entre os disponíveis o número do device, por /dev/sda3 ou /dev/sda4, vamos no default mesmo

Na próxima tela que temos que ter atenção, por alguma razão é necessário informar manualmente o ultimo bloco da partição caso isso não seja feito, será criada uma partição com o espaço restante da partição que já esta em uso, com mais ou menos 1024k, no exemplo o ultimo bloco é o 50329599, sendo assim o próximo bloco é o 503295600, então é digitar e pressionar ENTER para continuar

ScreenHunter_173 Jul. 07 11.52

Pronto! A partição foi criada, agora é necessário alterar o formato de ‘Linux’ para ‘Linux LVM’, para isso digite ‘t’ (type) e pressione ENTER, e informe o número do device que no nosso caso é 3. Cada tipo tem um código, tal que o código que vamos utilizar é o 8e

ScreenHunter_175 Jul. 07 11.58

 

 

Para finalizar salve a tabela de partições digitando ‘w’ e ENTER, a tabela deve ter ficado conforme abaixo:

ScreenHunter_177 Jul. 07 12.00

Agora vamos adicionar na partição dentro do Volume Group existente

Inicio o volume como o comando pvcreate

~# pvcreate /dev/sda3

Adicione o volume ao Volume Group

~# vgextend vgSO /dev/sda3

No exemplo o nome do Volume Group e vgSO, para visualizar todos os Volume Groups existentes, entre com o comando vgdisplay

O próximo passo é extender o volume lógico (LV)

~# lvextend -l 100%VG /dev/vgSO/Vol00

Vol00 neste caso é o nome do volume lógico, para visualizar todos os volumes disponíveis utilize o comando lvdisplay, o paramento -l 100%VG diz que queremos alocar todo os espaço disponível do Volume Group para o Logical Volume Vol00.

Se entramos com o comando df, vamos perceber que o tamanho da partição ainda não foi alterado

ScreenHunter_185 Jul. 11 17.25

Para finalizar é necessário utilizar o comando resize2fs para visualizar no novo tamanho do volume

~# resize2fs /dev/mapper/vgSO-Vol00

Agora sim

ScreenHunter_186 Jul. 11 17.28

É isso pessoal, espero que ajude alguém.